Tecidos para decoração: tudo sobre o Oxford

22 de julho de 2019

O tecido protagonista de hoje é um coringa, um queridinho quando se trata de decorações em geral, mas principalmente para festas: o Oxford. Se você quer saber por que ele é um dos favoritos, suas características, quanto custa e quais as suas principais aplicações, acompanhe.

O Oxford é um tecido clássico, de fibras finas, comumente utilizado na confecção de roupas, mas também categorizado como um tecido ideal para festas. Seu nome é uma homenagem à cidade inglesa, onde se iniciou a produção das camisas com esse tecido. O termo é usado, ainda, para designar o processo de modelagem desse tecido, que consiste no entrelaçamento de dois fios, com um mais grosso na direção do enchimento.

O Oxford é muito usado em guardanapos, aventais e toalhas de mesa. Por sua estética elegante, também é comum na decoração de painéis, cortinas e sousplats, o que justifica ser considerado um tecido próprio para festas. Na decoração de casas, ele possui um visual interessante para ser usado, também, em almofadas e colchas. Apesar de ser resistente a amassos, ele pode, eventualmente, amassar, principalmente se ficar muito tempo dobrado, mas o processo de desamassar é facilmente resolvido umedecendo o tecido antes de passar. Ele também seca rápido quando lavado.

Decoração com Oxford no centro da mesa, cadeiras e guardanapos

Seu estilo clássico também faz com que ele caia muito bem em roupas sociais. Ele tem o benefício de ser um material mais grosso, por isso é ótimo para a confecção de calças e blazers, já que disfarça celulites ou “pneuzinhos”. Por ser um tecido quente, cai bem em blusas que serão usadas como sobreposição, mas quando possui muito poliéster na composição, não é muito recomendado para blusas que terão contato direto com a pele, pois sua rigidez pode causar irritação.

Em sua origem, era produzido somente com algodão, principalmente para a produção de uniformes, mas hoje ele já é encontrado com a mescla de algodão e poliéster, unindo os benefícios do tecido natural com os do sintético. Também é encontrado na versão 100% poliéster. O poliéster, além de ser mais barato que o algodão, confere ao tecido a resistência a dobras e amassos, portanto, quanto mais poliéster na composição, mais rígido o tecido é, já o algodão confere mais maciez e conforto ao tecido, mas não é tão resistente a esses inconvenientes, por isso o 100% poliéster é mais recomendado para decoração e o combinado com algodão, para vestuário.

Cortina em Oxford marrom neutro

Os principais motivos que o colocam como favorito para compor itens de decoração, principalmente para buffets, é o seu custo benefício, que combinado com a paleta variada de cores em que ele pode ser encontrado, o tornam uma excelente opção, não apenas para eventos, mas, inclusive, para a decoração de casas. É, também, um tecido que possui durabilidade considerável e resiste a amassos e dobras. Ele, ainda, é  bastante versátil, aceitando tanto ser estampado, processo conhecido como sublimação, ou bordado.

Outro detalhe interessante sobre o Oxford é que, apesar de ter um preço acessível, ele não perde em nada na qualidade, por isso é uma opção bastante pertinente para quem tem a costura como fonte de renda, pois o custo-benefício é vantajoso. Ele é encontrado, em média, a R$15 o metro, na largura de até 3 metros. Ele também não desbota facilmente, principalmente se em sua composição é feita a mesclagem entre um fio escuro e um mais claro, que deixa ele com um tom pastel e, consequentemente, mais neutro. Sendo assim, ainda que desbote, o que já é difícil, será quase imperceptível.

Sua textura é fina, maleável e leve, e tem um aspecto versátil, agradando a variados gostos. Por ser encontrado em diversas estampas e cores, também se adapta facilmente a qualquer combinação, seja de look ou decoração, principalmente quando estão em seu estado mais clássico, com tom neutro. Os tecidos com tons mais fortes também guardam sua riqueza e qualidade, e inspiram ousadia. Caso queira visualizar algumas opções de tecido Oxford ou outros tecidos próprios para festas, clique aqui.